5 vagas para jornalista na Assembleia Legislativa de Sergipe

A Assembleia Legislativa de Sergipe está com concurso aberto com cinco vagas para jornalista. As inscrições estão abertas até 27 de fevereiro. O salário é de R$ 3.164,48. Ao valor deve ser acrescido auxílio alimentação no valor de R$ 680,00 e auxílio saúde, variando entre os valores de R$ 920,00 a R$ 986,00, de acordo com a faixa etária.

As provas serão aplicadas no período da tarde no dia 22 de abril em Aracaju. Para jornalista, a prova objetiva terá 20 questões de conhecimentos gerais e 40 de questões específicas. Haverá também prova discursiva a partir de um estudo de caso.

Veja a página do concurso

Conteúdo específico

Comunicação: teorias, conceitos e paradigmas. Papel social da comunicação: Ética. Leis que regem a imprensa e a radiodifusão. Direitos e deveres do jornalista. Políticas da Comunicação. Agenda Setting e newsmaking. A relação entretecnologia e comunicação social. Massificação versus segmentação dos públicos. Legislação em comunicação social: Constituição da República, Código Brasileiro de Tel

ecomunicações, Código de Ética do Jornalista. Opinião pública: pesquisa, estudo e análise em busca de canais de interação com cada público específico. Comunicação e linguagem: gramática e ortografia da Língua Portuguesa aplicadas à prática comunicacional. Especificidades dos meios impressos,eletrônicos e digitais. Conceitos de jornalismo. O papel e a responsabilidade social do jornalista e a mediação na sociedade informacional. Conceitos de notícia. A política noticiosa. Fait-divers, antítese, multiplicidade e conexão de fatos, o sensacionalismo. Os critérios da noticiabilidade e os conceitos de ineditismo, verdade, objetividade, imparcialidade e interesse público na produção jornalística para diferentes meios. Os veículos noticiosos e suas diferentes linhas editoriais.

Linguagem jornalística. Tipos de entrevista: formatação e edição em diferentes veículos. História do j
ornalismo no Brasil:evolução tecnológica e seu impacto nas funções jornalísticas, linguagem jornalística, gêneros jornalísticos no Brasil. Comunicação pública. Informação pública e informação privada; gerenciamento de crises institucionais e relacionamento com a mídia. As características do webjornalismo e interação com o público por meio de redes sociais. A comunicação institucional. Tipologia, formatação e redação do texto jornalístico para diferentes meios. Gêneros de redação: definição, elaboração e análise de matéria, reportagem, entrevista, editorial, artigo, crítica, crônica, comentário, notas, coluna, pauta, espelho, roteiro, informativo, comunicado, carta e release. Especificidades do texto jornalístico para diferentes meios: a estrutura da pirâmide invertida, lead
, tipos de lead, sub-lead, corpo e pé de matéria; o hipertexto e a leitura não linear no jornalismo online
. Técnicas de redação e edição jornalísticas para d iferentes meios. Titulação, legenda e edição de texto e imagem. Jornal impresso e revista: semelhanças e diferenças estruturais e editoriais. Jornalismo digital. O conceito de fluxo de informação. Informação online e exclusão digital. Conceito de portal e sua relação estratégica com as empresas jornalísticas. Conceitos e técnicas de usabilidade, empacotamento, personalização no jornalis mo para ainternet.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *